Usar roupa nova na noite da virada, escolher a cor de acordo com o significado, comer lentilha fazendo desejos, pular sete ondas começando com o pé direito, dar um mergulho no mar…  Com certeza algum desses rituais soa familiar. São superstições comuns de Ano Novo, que se perpetuam e ganham ainda mais força quando o local escolhido para a virada é a praia.

 

Historicamente, o ser humano faz rituais com o propósito de buscar proteção contra as mazelas da vida e atrair as coisas que desejam. Esses rituais, passados de geração em geração, podem ter um teor religioso ou ser simplesmente tradições, feitos para ter boa sorte. Vindas de tempos antigos, as superstições são repetidas até hoje porque são consideradas influentes na sorte – ou na falta dela – para o ano seguinte.

 

Thiago Caruso tem 28 anos e desde sempre passa o Ano Novo na praia seguindo os mesmos rituais: pé na areia, pular sete ondas e mergulhar para purificar o corpo e recarregar as energias. Embora seja espírita, a tradição foi herdada da família e ele segue desde criança.

 

“Meu caso foi um costume de pai para filho mesmo. Sempre vi meu pai fazer e dizer que trariam coisas boas e com tempo passei a fazer também. Eu acredito muito em energia e a praia é isso, liberdade e fluidez de energia. Passar em casa ou festas para mim não tem a mesma atmosfera”, afirma.

 

Independente de qual for a vibe, durante a noite de réveillon o desejo por recomeço e renovação costuma ser unânime. Seja amor, saúde ou dinheiro, tem sempre uma simpatia que promete dar uma ajudinha extra nos planos de ano novo. Para dar uma mãozinha para quem ainda não sabe o que fazer, selecionamos alguns rituais famosos para quem vai receber 2020 com pé na areia: 

Flores brancas

Jogar flores ao mar como oferta e agradecimento à Iemanjá é uma tradição ligada ao espiritismo, mas que muitos praticam para trazer sorte. Segundo o costume, as flores lançadas ao mar na virada do ano fazem com que todos os problemas sejam levados para o fundo e devolvidos em forma de ondas, resultando em sorte para o ano que está por vir.

 

Roupas novas e cores

A roupa nova na noite da virada simboliza a renovação. Começar o novo ano vestindo algo novo dá a sensação de recomeço e maior abertura para o novo, de modo geral. Em relação às vestimentas, as cores também são pensadas visando os desejos para o ano. Normalmente as pessoas atrelam a roupa nova à uma cor cujo significado seja compatível com o que elas querem alcançar.

Comer lentilha

Segundo a superstição, comer uma colher de sopa de lentilha na noite da virada assegura um ano inteiro de muita fatura à mesa. Em algumas culturas, grãos como lentilha e ervilha simbolizam prosperidade. Algumas pessoas associam o formato, redondo e achatado, com o de uma moeda e assim depositam esperança em maiores ganhos financeiros consumindo a leguminosa na noite da virada. 

 

Pular 7 ondas

Um das simpatias mais conhecidas e praticadas por quem passa o Réveillon na praia, pular as 7 ondas nos primeiros minutos do ano novo garante purificação e forças para vencer os obstáculos. A quantidade de ondas tem raízes na Umbanda que entende o número 7 como os 7 sentidos da vida, assim, além de purificação, a cada onda pulada a pessoa pode fazer um pedido para o próximo ano e contar com a energia vinda do mar para alcançá-los.

 

Mergulhar

Esta tradição representa um rito de passagem, onde há purificação para receber o novo. Começar o ano com um mergulho no mar deixa para trás todas as energias negativas e revigora o corpo, a mente e, principalmente, a alma. O permanente ir e vir das ondas simboliza, também, a renovação da vida, que acontece ano após ano. A água salgada é considerada uma aliada ao processo de limpeza associado ao mergulho e um poderoso combustível para repor as energias e começar o ano com pé direito.

 

 

Não há como medir a eficácia dessas práticas, nem uma receita ou forma correta para fazer. São muitos ritos de passagem, costumes e crenças que variam de pessoa para pessoa, assim como a maneira como eles influenciam na vida de cada uma. Mas, se o destino da virada for a praia uma coisa é certa: os fogos e o ambiente vibrante já fazem valer a pena, mesmo que as superstições sejam somente isso, superstições.

 

 

Que tal aproveitar a inspiração para fazer diferente esse ano e começar 2020 em um dos quiosques da Orla? 

 

 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc