Ao lado da caminha essa modalidade, para muitos, é considerada a mais tranquila de ser executada. Afinal, não é necessário o uso de equipamentos e nem é preciso uma técnica muito apurada. Mas engana-se quem pensa que ela é fácil, principalmente quando falamos com iniciantes ou pessoas que estão fazendo a transição da caminhada para ela. Por isso, hoje falaremos tudo que você precisa saber sobre a corrida de rua.

Mas lembre-se: antes de começar a praticar qualquer atividade consulte seu médico, procure a orientação de um profissional de educação física e, se for se exercitar durante o dia, não esqueça o protetor solar. Recado dado então, vamos lá. Calce seus tênis e movimente-se!

A corrida de rua é uma das modalidades mais democráticas que existe. O praticante precisa apenas de um par de tênis e força de vontade para tentar. Além da sensação prazerosa que só é proporcionada ao correr, essa atividade também traz muitos benefícios para a saúde tais como: emagrecimento, melhora na qualidade do sono, ajuda no combate de doenças cardiovasculares e a depressão, reduz o risco de AVC, diabetes e infarto, fortalece músculos e ossos, estimula a formação de neurônios e melhora a memória.

Segundo um estudo publicado pelo Journal of the American Medical Association, outro benefício da corrida de rua é o aumento da longevidade. A pesquisa, feita com mais de 200 mil pessoas, durante seis anos, mostrou que quando o atleta se propõe a correr diminui em 44% a chance de morte e aumenta expectativa de vida em até seis anos. Isso porque a corrida melhora as funções cardíacas, respiratórias, melhora absorção de oxigênio e reduz a pressão arterial.

Já sabemos os principais benefícios, mas como começar? Pensando nisso, separamos quatro dicas que irão te ajudar! Vamos a elas:

Como se vestir

As roupas devem ser leves e os tênis próprios para corrida, sempre com meias. Correr sem o vestuário adequado além de desconfortável, pode aumentar a sudorese, causando até desidratação. O calçado incorreto pode gerar um maior impacto nas articulações e maiores chances de prejudicar a coluna.

Distância e velocidade

A velocidade deve ser moderada, e não se deve tentar correr longas distâncias já nos primeiros treinos. O ideal é estabelecer um limite para ir se habituando pouco a pouco. Se não for possível manter o ritmo da corrida até o fim não há problema, pode-se caminhar rápido enquanto recupera o fôlego. O importante é não desistir no primeiro obstáculo.

Respiração

A respiração é muito importante durante a corrida. O atleta deve inspirar pelo nariz soltando o ar pela boca. É normal ficar ofegante nas primeiras corridas, mas com o tempo a respiração se tornar mais fácil. Nas primeiras vezes deve-se evitar conversar enquanto corre para não ficar com dor na costela, muito comum em quem não tem bom condicionamento físico.

Alongamentos

Ao final da corrida é importante fazer alguns alongamentos com as pernas, braços, pescoço e costas para evitar cãibras e dores musculares.

Importante: a Orla Rio esclarece que todas as dicas postadas devem obedecer aos protocolos de segurança instituídos pelo poder público enquanto a pandemia de coronavírus não estiver contida. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc