Esporte olímpico, diversão, estilo de vida… engana-se quem pensa que o surf é apenas mais uma atividade física. A modalidade conta com praticantes apaixonados, fãs fervorosos e uma atmosfera que só ela possui. Se existisse uma classificação, sem dúvidas, o surf seria o rei dos esportes aquáticos, e hoje falaremos tudo sobre ele.

Mas lembre-se: antes de começar a praticar qualquer atividade consulte seu médico, procure a orientação de um profissional de educação física e não esqueça o protetor solar. Recado dado então, vamos lá. Pegue sua prancha e movimente-se! 

Esperar a onda certa, ficar atento à direção do vento e conhecer bem o mar. Essas são algumas das tarefas iniciais de quem deseja começar a surfar. O esporte traz, além de um estilo de vida saudável, o contato direto com a natureza, momentos bem divertidos, prazerosos e extremamente benéficos, tanto para o corpo como para a mente.

O surf ou surfe é um esporte olímpico, mas, muitos de seus praticantes também o encaram como um estilo de vida. Isso se deve ao fato de estarem sempre dispostos a irem atrás das melhores ondas, sempre se preparando de maneira saudável para a próxima série. Os benefícios do esporte são muito parecidos com os da natação, havendo uma melhora no sistema cardiovascular e aumento da resistência.

O surfista possui um jeito único de se vestir, ver o mundo e até um linguajar próprio. Porém, entrar nessa tribo não é tão complicado assim. Primeiro é preciso saber como escolher a prancha. A dica é escolher o tamanho e o tipo de material de que ela é feita de acordo com a expectativa de cada surfista. Outro item importante é a relação peso do atleta e volume da prancha.

Outra recomendação é acompanhar sites especializados no mar, como o ricosurf.com.br. De segunda a sexta-feira, aqui no site da Orla Rio também divulgamos as principais informações para aqueles que pretendem cair na água.

O surfista também deve respeitar alguns “ mandamentos” como nunca entrar na frente de outro surfista na onda. Não importa a ocasião, o gênero ou a idade. É preciso respeitar quem já está na onda. A prioridade é sempre de quem está mais no pico. É fundamental esperar a sua onda e surfar com tranquilidade.

No mais, é procurar os melhores picos, cair na água e ir evoluindo dia a dia. O surf é um esporte desafiador de repetição e aprendizado. Não desista na primeira dificuldade, continue praticando para que, muito em breve, esteja fazendo muito bonito! 

Importante: a Orla Rio esclarece que todas as dicas postadas devem obedecer aos protocolos de segurança instituídos pelo poder público enquanto a pandemia de coronavírus não estiver contida. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc