O Boletim Diário desta quinta-feira (2) teve como destaque a reabertura dos quiosques para o público, com mesas e cadeiras. O início da fase 3 de flexibilização da Prefeitura do Rio deu o start oficial do Projeto Recomeço, abrindo uma nova etapa para as atividades dos quiosques espalhados do Leme ao Pontal. Para orientar melhor e tirar eventuais dúvidas dos operadores neste primeiro momento, toda equipe de operações da Orla Rio estará na rua de hoje até domingo, dando suporte aos quiosques e funcionários.

A Diretora de Operações e Manutenção da Orla, Fernanda Amorim, falou ao vivo sobre a retomada, destacando a importância de seguir todas as recomendações. Ao longo de todos esses meses de quarentena, todas as equipes da Orla, com a consultoria e apoio da FSB Comunicação,  se uniram para pensar o recomeço. Mais de 900 protocolos foram desenvolvidos com o propósito de construir hábitos para um retorno seguro às atividades, tanto para funcionários como para clientes.

“A gente está há mais de cem dias nesta situação de pandemia e desde o início a equipe da Orla trabalhou com muito afinco em cima desse projeto. Desde o primeiro dia nossa preocupação sempre foi esse momento da retomada, poderia durar uma semana, quinze, trinta dias… e a nossa pergunta era: E quando voltar? Como vai ser? Que nível de segurança a gente precisa para garantir que os clientes vão voltar e vai ficar tudo bem?”, comenta Amorim.

E foi baseado nessas questões que nasceu o Projeto Recomeço e os processos de mudança e adequação tiveram início. Os quiosques foram equipados com pias portáteis, totens de álcool em gel, kits de higienização e equipamentos de proteção individual para os funcionários. Além disso, os cardápios foram digitalizados e a indicação é para o pagamento virtual por meio de carteiras digitais como a AME. 

Todas as recomendações estão no Guia de Reabertura da Orla Rio, entregue impresso e disponibilizado gratuitamente no curso do Projeto Recomeço, oferecido aos operadores. Os quiosques deverão respeitar o distanciamento de 2 metros entre cada mesa e a capacidade máxima de 4 pessoas por mesa. Os lounges, puffs, redes e sofás coletivos ficarão desativados. 

Confira o Boletim desta quinta-feira (2) completo no Facebook. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc