O planeta Terra é formado aproximadamente por 70% de água. Desse total, mais de 97% está nos oceanos e mares. Lá, encontramos uma fauna e flora riquíssimas, com milhares de espécies, um verdadeiro tesouro mundial, mas eles também escondem diversos segredos.

Hoje, falaremos sobre o predador mais temido do planeta: o tubarão-branco.

O tubarão-branco é uma das maiores espécies de peixe que existe e o maior entre os tubarões predatórios. Com comportamento predatório e agressivo, ele está no topo da cadeia alimentar dos oceanos. É um excelente nadador, rápido e ágil, podendo, inclusive, saltar na água para surpreender sua vítima.

A espécie impressiona por seu tamanho, podendo atingir até 7 metros de comprimento e pesar cerca de 2,5 toneladas. Além da silhueta impressionante, o que mais apavora as pessoas são os três mil dentes afiados, de 7,5 centímetros de altura. Esse conjunto formidável pode exercer a força de três toneladas por centímetro quadrado numa mordida.

O grande branco é um dos únicos tubarões que vive em águas frias. Por isso, um de seus locais favoritos é o triângulo vermelho, uma faixa de 160 quilômetros da costa da Califórnia, ao sul de São Francisco, nos Estados Unidos. Além das águas frias da costa oeste norte-americana, eles podem ser encontrados na África do Sul, litoral Sul da Argentina, na Austrália e até no Brasil.

Um mundo sem tubarões-brancos

A extinção do tubarão-branco levaria a um descontrole populacional de focas e leões-marinhos, suas presas favoritas. O aumento das populações de focas e leões-marinhos elevaria enormemente o consumo de peixes.

Com estoques menores de peixes, não só as populações humanas sofreriam, inclusive economicamente, como também a reação em cadeia poderia chegar às algas planctônicas, maiores produtores de oxigênio do planeta, e os desequilíbrios decorrentes seriam catastróficos.

Apesar disso, a caça ao maior predador marinho continua. Um estudo feito no Canadá mostrou que a quantidade de tubarões-brancos encolheu 79% nos últimos quinze anos. Por isso, o tubarão-branco foi declarado como espécie protegida.

Fiquem ligados para mais Segredos do Oceano! 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc