Na tarde da última segunda-feira, 24, em decorrência da frente fria que passou pelo sudeste brasileiro no final de semana, foi criada uma área de baixa pressão atmosférica, sendo considerada, posteriormente, como um ciclone extratropical. 

A análise da Marinha do Brasil mostrou que este ciclone estava a 850 km da costa do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. O fenômeno foi o responsável por causar ventos moderados a fortes sobre o mar e também na costa entre o norte do Rio de Janeiro e o sul da Bahia.

A presença deste ciclone no mar estimula a ocorrência de rajadas de ventos nesta terça-feira, 25, e podem chegar a 70 km/h, da direção sul, na faixa litorânea entre o norte do Rio de Janeiro e o sul da Bahia. As rajadas de vento ainda devem ocorrer na madrugada e na manhã desta quarta-feira, 26, mas a tendência é de enfraquecimento com o afastamento do ciclone.

O vento moderado a forte que sopra sobre o oceano gera grandes ondas que chegam à costa entre o Rio de Janeiro e o sul da Bahia, que podem causar ressaca nas praias. Entre terça-feira, 25, e a madrugada de quinta-feira, 27, o mar fica agitado. Há possibilidade de ondas de até 3,0 metros. Neste período, em alto-mar, as ondas podem chegar aos 5,0 metros.

Fonte: Climatempo com adaptações.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc