O nosso papo de hoje é sobre uma atividade física responsável por gerar uma série de benefícios. Aliada a uma outra modalidade, então, é certeza de uma melhor saúde para o corpo e mente dos seus praticantes. Vamos falar de alongamento!

Mas lembre-se: antes de começar a praticar qualquer atividade consulte seu médico, procure a orientação de um profissional de educação física e não esqueça o protetor solar. Recado dado então, vamos lá. Movimente-se!

Primeiramente, devemos deixar claro que o alongamento é, sim, um exercício físico, diferentemente do que muitas pessoas pensam. Seu objetivo é dar mais agilidade, elasticidade e um aumento na amplitude do movimento muscular.

Ele é de grande importância para a manutenção da qualidade de vida e melhora da aptidão física. Porém, o treinamento da flexibilidade é um tema que envolve alguns mitos, principalmente quando se debate desempenho e prevenção de lesão.

Por isso, uma dica interessante para quem deseja usufruir de todas as vantagens do alongamento muscular é praticar yoga e/ou pilates. Ambas são atividades físicas que se utilizam de técnicas que vão exigir e desenvolver uma boa elasticidade do corpo.

Os principais benefícios do alongamento são: aumentar a flexibilidade, deixando os movimentos mais soltos e leves, melhorando, assim, a aptidão física; aliviar a tensão responsável por dores nas costas, no pescoço e na cabeça; relaxar o corpo e a mente, ajudando a aliviar o estresse.

Além disso, ele também melhora a postura, ativa a circulação sanguínea, prepara o músculo para a atividade física, previne tendinites e lesões por esforço repetitivo e previne lesões esportivas e dores musculares após o exercício físico.

Importante: a Orla Rio esclarece que todas as dicas postadas devem obedecer aos protocolos de segurança instituídos pelo poder público enquanto a pandemia de coronavírus não estiver contida. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc