O Mate, na forma de bebida gelada, já é uma das identidades do verão carioca. Em suas mais diferentes formas e composições, com ou sem limão, a bebida é uma ótima opção para hidratar o corpo. As folhas e galhos da planta Ilex paraguariensis dão origem à erva-mate que, quando tostada, passa a ser chamada de chá mate. Nutritivo, os benefícios vão além da refrescância, devem-se especialmente à presença de cafeína, minerais e vitaminas em sua composição.

 

Conheça as principais vantagens:

– Estimula a atividade física e mental através da cafeína;

– Acelera o metabolismo, provocando uma maior queima de gordura e, alinhado à uma alimentação balanceada e prática de exercícios, leva à perda de peso;

– Possui ação antioxidante e anti-inflamatória;

– Ajuda na prevenção de doenças crônicas, como o câncer e doenças cardiovasculares; 

– Auxilia na redução do colesterol ruim e dos triglicerídeos, prevenindo a aterosclerose. De acordo com uma pesquisa realizada na UFSC, o uso da erva-mate reduziu de 10-12% o colesterol ruim (LDL);

– Atua no aumento da diurese renal, processo que leva a desintoxicação do organismo;

– Protege o coração, induzindo a redução da hemoglobina glicada, substância que contribui para o infarto do miocárdio. Segundo o United Kingdom Prospective Diabetes Study, da Inglaterra, as chances de um infarto agudo do miocárdio caem 14% com a redução de apenas 1% de hemoglobina glicada.

Para absorver melhor todos os benefícios do mate, é importante tomar com regularidade mas com moderação. Nutricionistas recomendam a ingestão do produto natural e como o mínimo possível de açúcar, os produtos industrializados costumam perder nutrientes no processo. Para potencializar as propriedades é sempre bom aliar a uma alimentação saudável.

 

Contraindicações:

– A erva-mate deve ser evitada por hipertensos e quem apresenta sensibilidade às substâncias presentes. 

– Devido à ação diurética, a erva auxilia o corpo a eliminar líquidos podendo causar desidratação. Dessa forma, não pode substituir a água que o seu corpo precisa.

– O consumo excessivo pode causar irritabilidade, insônia, gastrite.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc