A redução do fluxo de turistas em função da pandemia fez todo ecossistema turístico do Rio de Janeiro, e do mundo, se reinventar. O assunto foi um dos temas da nossa live sobre a Praia do Futuro e a assessora Angela Mesquita, representando a secretaria de Turismo da Cidade, comentou sobre a expectativa em relação ao turismo local. Nesta terça-feira, 25, a secretária Especial de Turismo e Legado Olímpico, Camila Sousa, participou ao vivo do Boletim Diário para falar um pouco mais sobre esse tema que impacta diretamente no dia a dia da praia.

Redescubra o Rio 

O carro-chefe dessa retomada das atividades turísticas no Rio de Janeiro é o projeto Redescubra Rio. Segundo a secretária, a campanha, desenvolvida em parceira com a iniciativa privada, nasceu da percepção da tendência mundial pelo turismo de proximidade e voltada para os cariocas e fluminenses. O projeto, que oferece descontos de 30% à 50% em atrativos, é uma oportunidade para conhecer os pontos turísticos famosos em um momento onde a cidade é quase exclusiva dos cariocas. Fazem parte do movimento: Orla Rio, Confeitaria Colombo, AquaRio, Bondinho do Pão de Açúcar, Paineiras Corcovado, Rio Star, Trem do Corcovado, Jardim Botânico, entre outras empresas do setor. Em vigor há duas semanas, o projeto já teve uma adesão acima do esperado, segundo Camila, e a expectativa é conquistar esses cariocas, que às vezes conhecem diversos pontos turísticos ao redor do mundo, mas não conhecem os que ficam na própria cidade.

Economia local 

Essa movimentação buscando turismo dentro da cidade, optando por distância curtas e atrativos próximos, gera também um aquecimento dos pequenos comércios. Camila afirmou que isso é muito importante para incentivar a economia local e apoiar estabelecimentos que dependem da atividade turística. 

Esportes

Uma questão muito comentada no painel de Esporte da live da Praia do Futuro foi entender a atividade esportiva como um investimento em saúde preventiva. Neste sentido, Camila aproveitou para falar sobre as iniciativas da secretaria que também envolve Legado Olímpico. Ela destacou três grande equipamentos da cidade que muitos cariocas não conhecem: o Parque de Madureira, o Parque Radical e o Parque Olímpico contendo uma Vila Olímpica e a Arena 3. Nestes locais a Secretaria promove atividades gratuitas como funcional, musculação, ginástica, judô, capoeira, entre outras modalidades que contam com todo equipamento de ponta deixado pelos Jogos Olímpicos. No Parque Radical, foi inaugurada uma escolinha de natação que conta com a estrutura do complexo de piscinas que foram palco das competições da Rio 2016. A secretária afirma que entre os objetivos dos programas desenvolvidos estão o bem-estar do cidadão, mas que não exclui a formação de novos atletas. As informações sobre as aulas estão no Instagram da Secretaria

Réveillon

Uma das questões mais levantadas nas últimas semanas é a realização dos grandes eventos tradicionais da cidade. Com a proximidade do verão, a tendência é que o número de turistas do Rio, de outros estados e talvez de outros países aumente consideravelmente, sendo assim, a secretária já está estudando ações específicas para estas demandas. Ainda não há nada definido, mas, a secretaria garante: vai ter Réveillon na cidade do Rio. O projeto certamente contará com adaptações e formato diferente tendo em vista a necessidade de evitar aglomerações. “Vai ser especial. Está todo mundo querendo que o ano acabe e na esperança de um recomeço. O Réveillon vai simbolizar isso e será algo marcante na vida de todos”, afirma.


Carnaval 

Em relação ao Carnaval, a decisão deve levar um pouco mais de tempo para chegar já que, ao contrário do Réveillon, este pode ser adiado. Alguns grandes blocos já se manifestaram afirmando que só vão desfilar após uma vacina, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (LIESA) também solicitou um prazo até setembro para falar sobre o assunto. O panorama ainda incerto, com mudanças e informações sobre a pandemia acontecendo todos os dias, dificulta a tomada de decisões. De acordo com a secretária, não há um modelo ou fórmula, por isso se faz necessário um estudo mais cauteloso para chegar à soluções assertivas. A expectativa é que se encontre uma maneira de realizar a festa. 


Confira a íntegra do Boletim desta terça-feira. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc