No último sábado, 5, uma jovem baleia jubarte macho, de 9,6 metros e com peso estimado em 15 toneladas foi encontrada morta na Praia da Restinga de Maricá, dentro dos limites da Área de Proteção Ambiental Estadual de Maricá, na Região dos Lagos.

O animal estava em estado de decomposição avançado. As equipes do órgão ambiental estadual afirmaram ser impossível enterrar a baleia na areia da praia por conta do risco de contaminação biológica do local, mau cheiro e vandalismo.

Por conta da complexidade da ação, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) solicitou o apoio da Prefeitura de Maricá para a remoção do corpo do animal para o Aterro Sanitário de Ipiibas, em São Gonçalo.

É importante lembrar que o aparecimento de baleias jubarte no litoral do estado do Rio é muito comum nesta época do ano. No final de julho um grupo de baleias foi avistado nadando próximo às Ilhas Cagarras, na praia de Ipanema. Já em agosto um filhote ficou em encalhado na Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc