O Dia Mundial do Turismo é comemorado no dia 27 de setembro, em referência a uma das mais importantes atividades econômicas do mundo, pertencente ao setor terciário da economia. Essa data foi oficialmente estabelecida pela Organização Mundial do Turismo (OMT) em 1980, logo após a implementação do seu estatuto. 

Para celebrar a data, separamos 5 fatos importantes ligados ao turismo do Rio de Janeiro e da nossa Cidade Maravilhosa. Confira: 

1.Referência em Turismo Consciente

A Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro (Setur-RJ) adquiriu o status de embaixadora do selo internacional “Safe Travels”, criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). O “Safe Travels” estabelece protocolos, com o objetivo de tornar as viagens mais seguras. O Estado do Rio é o primeiro da Região Sudeste a emitir o selo internacional. A designação é voltada aos prestadores de serviços turísticos do setor público e privado do Estado. 

  1. Lugar favorito dos “gringos” no Brasil 

O Rio continua sendo o cartão-postal do país no exterior, então é quase previsível que ele seja também o lugar mais visitado do país por turistas estrangeiros. A segunda maior cidade do país atrai tanta gente por diversos motivos, mas seu charme está mesmo nas belezas naturais, seus morros, praias e florestas – além, é claro, da cultura e do jeitinho carioca caloroso, um diferencial importante para quem escolhe um destino de viagem.

  1. Maior Réveillon do Mundo 

A cidade do Rio de Janeiro tem a maior festa de passagem do ano do Brasil e do mundo, que acontece na praia de Copacabana com shows gratuitos e queima de fogos. O Réveillon é um dos eventos mais esperados do setor que movimenta milhões na economia da cidade. No ano passado, a festa a céu aberto recebeu 2,9 milhões de pessoas e bateu o recorde de 1,7 milhão de turistas, sendo 80% nacionais e 20% estrangeiros, com 100% de ocupação na rede hoteleira na noite da virada. 

  1. Segunda maior baía do país

A maioria dos cartões postais da cidade tem uma coisa em comum: a Baía da Guanabara como plano de fundo em todas elas. Banhando 15 cidades do Estado e com uma superfície de 412 quilômetros, é a segunda maior baía do país. Ao todo são 53 praias e mais de 100 ilhas, que são muito visitadas por turistas locais e estrangeiros. Vale mencionar que o Rio de Janeiro tem a terceira maior extensão litorânea do Brasil, atrás apenas de Bahia e Maranhão.

 

  1. Setor que gera muito dinheiro

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor de turismo responde por 3,71% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, que chegou a marca de R$270,8 bilhões em 2019. No Rio de Janeiro, a atividade representa 5% do PIB da região. Sendo assim, a atividade representa uma grande movimentação na economia local e do país, sendo uma das principais apostas para recuperação do cenário para o período pós-pandemia. A campanha Redescubra o Rio, por exemplo, foi um dos primeiros movimentos dos órgãos responsáveis para a recuperação do turismo na cidade.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc