Nesta terça-feira, 22 de setembro, tem início a primavera no hemisfério sul. Essa estação vem logo após o inverno e precede o verão. A primavera é tipicamente associada ao reflorescimento da flora terrestre, daí é conhecida como estação das flores. Seu nome deriva do latim, primo vere, que significa “primeiro verão”.

A sua chegada se deve a um fenômeno astronômico conhecido como Equinócio. Ele ocorre quando a luz solar incide da mesma forma sobre os hemisférios norte e sul fazendo, assim, com que os dias e as noites tenham exatamente a mesma duração de 12 horas cada. Esse evento acontece duas vezes ao ano: nos inícios da primavera e do outono.

Na primavera do hemisfério sul os oceanos meridionais ainda estão frios e vão aos poucos aquecendo, fazendo com que a estação tenha temperaturas amenas. Essas características estão presentes apenas em regiões mais afastadas da Linha do Equador.

No Brasil, em grande parte do território, com exceção da região sul, as quatro estações não são bem definidas, sendo apenas nomeadas como “inverno seco” e “verão úmido”. De forma geral, no entanto, com a chegada da primavera, as chuvas começam a intensificar-se na maior parte do país, tornando então as temperaturas mais amenas e aumentando a umidade do ar, que, no inverno  são bastante reduzidas.

Além das flores, a primavera também é caracterizada por tornar espécies como borboletas e abelhas mais ativas, contribuindo com a polinização, interferindo significativamente no ciclo reprodutivo dos vegetais. Durante esta estação, os animais que hibernaram no inverno, costumam deixar suas tocas, muitas vezes com filhotes, marcando o grande ciclo da vida.

Então, seja muito bem-vinda, primavera!

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc