A frente fria que chegou ao estado do Rio de Janeiro na última semana vem causando uma série de mudanças no tempo e no clima da região. Após um final de semana com chuva e temperaturas mais amenas, a tendência é que as condições sejam mantidas para esse começo de semana, a primeira da primavera.

Além da chuva e de temperaturas mais baixas, a frente fria também mexe com as condições do mar. Segundo a Marinha do Brasil, há possibilidade de nesta terça-feira, 22, termos ressaca na costa do estado, com a presença de ondas de até 3 metros de altura.

A ressaca do mar pode ser definida como um forte movimento das ondas sobre si mesmas, resultado de mar muito agitado. Assim, a chegada de ondas violentas à costa começa quando rajadas de vento fazem subir o nível do oceano. Impulsionada por correntes marítimas, a massa de água caminha com velocidade crescente até encontrar o litoral. Ao chegar à praia, o mar agitado inunda a faixa de areia e as ondas quebram bem próximas da orla. 

A força da ressaca pode ser devastadora, causando grandes transtornos para estabelecimentos localizados na orla, ruas e avenidas próximas à praia, além de ser um grande risco para banhistas e pedestres que transitam pelo calçadão. Então, atenção e, se possível, evite entrar no mar.

Leia também:
Você sabe o que é, e como se forma a ressaca? 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc