Nesta terça-feira, 1°, a cidade do Rio de Janeiro retornou ao estágio de atenção, depois de quase cinco meses no estágio de alerta. A cidade havia entrado em estágio de alerta em 16 de março, devido ao aumento de casos da Covid-19. 

O Rio tem um sistema de cinco estágios de vigilância que podem ser usados tanto para eventos meteorológicos quanto para situações emergenciais: normalidade, mobilização, atenção, alerta e crise. De acordo com as regras, com a mudança do estágio, os cidadãos devem continuar usando máscaras, evitando aglomerações e higienizando bem as mãos.

Vale lembrar que nesta terça-feira também teve início a fase 6A da flexibilização social na cidade, o que permite, entre outras atividades, o funcionamento de museus, galerias de arte e de exposição, bibliotecas, parques de diversão e centros culturais, cursos de profissionalização e capacitação e a reabertura de casas de festas infantis.

Os bares e restaurantes continuam liberados a funcionar com mesas e cadeiras até 1h, bem como os quiosques da Orla Rio. Já nas praias seguem permitidas atividades físicas no calçadão, esportes aquáticos individuais, treinos funcionais individuais na areia e, de segunda a sexta-feira, esportes coletivos na areia, como vôlei e futevôlei, além do banho no mar.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc