O planeta Terra é formado aproximadamente por 70% de água. Desse total, mais de 97% está nos oceanos e mares. Lá, encontramos uma fauna e flora riquíssimas, com milhares de espécies, um verdadeiro tesouro mundial, mas eles também escondem diversos segredos.

Hoje, falaremos sobre o maior oceano do planeta, o Oceano Pacífico.

O Pacífico é de longe o maior oceano da Terra. Ele abrange uma área total de 165,200,000 km². Isso representa aproximadamente 30% da superfície terrestre. A área coberta pelo Pacífico é maior do que a massa terrestre combinada de todos os continentes. Isso significa que o Pacífico supera a massa terrestre em mais de 7 milhões de milhas quadradas.

O nome de Oceano Pacífico foi dado pelo navegador português Fernão de Magalhães, o primeiro a fazer uma circunavegação da Terra, em 1521. Magalhães, ao entrar no oceano o considerou muito calmo, tranquilo, pacífico… daí a origem do nome.

O Pacífico é o oceano mais profundo do planeta com média é de 4.300 metros. O ponto mais profundo é a Fossa das Marianas. A bacia do Pacífico tem cerca de 75% de todos os vulcões ativos no mundo, além de uma coleção de  25.000 a 30.000 ilhas. 

A maioria dos atóis do mundo é encontrada no Oceano Pacífico, e um dos fenômenos climáticos mais interessantes que surgem do Pacífico é o El Niño, o aquecimento periódico da água, que tem um efeito resultante no clima global, levando a aumentos de temperatura e, consequentemente, a criação de tempestades e até furacões.

Fiquem ligados para mais Segredos do Oceano!

Leia também:
Segredos do Oceano: conheça o Oceano Atlântico

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc