O feriado prolongado aumentou a movimentação de pessoas em diversos pontos da cidade e acendeu o alerta em relação ao cumprimento das regras de ouro para o funcionamento das atividades. A Prefeitura do Rio promete apertar a fiscalização ao longo das próximas semanas, principalmente nos estabelecimentos noturnos como bares e restaurantes. 

O feriadão teve uma taxa 50% de ocupação nos hotéis — um número inferior ao ano passado, porém considerável dada a reabertura gradual. Se por um lado o turismo tem aquecido a economia, por outro, os registros do final de semana mostraram cenas de desrespeito às normas estabelecidas pelos decretos do município. 

Mesmo sem permissão, muitas boates e bares continuam funcionando com pista de dança e lounges, em meio à pandemia da Covid-19. Pessoas aglomeradas, sem distanciamento e sem máscara – cujo o uso é obrigatório na cidade. No feriado prolongado, a Prefeitura do Rio aplicou mais de mil multas de trânsito e chegou a interditar duas boates e multar uma terceira na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

Somente no feriado, dia 12, a fiscalização das medidas sanitárias resultou na aplicação de 44 multas a pessoas flagradas sem máscara em vários pontos do Rio, incluindo as praias. Além da atuação em toda a cidade, guardas municipais realizaram patrulhamento em áreas de lazer como o Aterro do Flamengo, Parque Madureira e Quinta da Boa Vista, orientando a população e coibindo irregularidades.

Fonte: Prefeitura do Rio e Jovem Pan.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc