Praia é tudo de bom! Quem é que não gosta? Mas é preciso tomar alguns cuidados. Um deles é com a presença de animais que podem representar algum tipo de ameaça às pessoas. Entre conchas, estrelas do mar e mariscos, algumas espécies podem causar incômodos para os banhistas. Além disso, as temperaturas altas e o lixo jogado nas praias são fatores que potencializam esses riscos.

Pensando nisso, hoje, falaremos sobre os quatro animais mais perigosos encontrados em praias pelo Brasil.

Ouriço do mar

O ouriço do mar é um animal cheio de espinhos, com formato esférico e que pode ser encontrado em todo o litoral brasileiro. É o bicho que mais causa acidentes com humanos nas praias, e costuma viver em cima de rochas, nos costões, entre pedras ou na areia, sobretudo nas águas mais rasas.

Caravela-portuguesa 

As caravelas-portuguesas são seres que flutuam na água no mar e aparecem nas praias, sendo uma das ameaças mais comuns para os banhistas. O animal tem corpo gelatinoso, se parece com uma bexiga e suas cores variam entre o lilás e o roxo, e não são raras as vezes em que as caravelas são encontradas na areia da praia.

Água viva

As águas vivas são animais gelatinosos, que nadam em grupo pelo mar e nas praias, e nem sempre são visíveis para os banhistas e mergulhadores. Grande parte das águas vivas encontradas no Brasil é pequena e inofensiva, mas, todo cuidado é pouco perto destes animais, pois seus tentáculos também reservam substâncias urticantes, assim como as encontradas nas caravelas.

Bagre

O bagre é o peixe que mais causa acidente no litoral brasileiro, pois, além de ser encontrado em grande número, prefere as águas rasas e o ambiente das praias. Os bagres são atraídos pelos restos de alimentos deixados na beira do mar e a maioria dos acidentes acontece a partir do contato direto com os banhistas.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc