A cidade do Rio de Janeiro entrou nesta quinta-feira, dia 01, na fase 6B do plano de flexibilização das atividades, a última prevista no planejamento feito pelo município. O anúncio foi feito pelo prefeito Marcelo Crivella.

Entre as novas medidas, uma em especial estava sendo bastante aguardada pelos quiosques: a liberação da música ao vivo em bares e restaurantes. Além da música ao vivo, ficam permitidos eventos em áreas abertas, shows e festas particulares como casamentos, aniversários, formaturas e confraternizações com um terço da capacidade de público e sem pista de dança. 

Teatros, cinemas, circos e feiras culturais também podem acontecer, mas respeitando as regras de ouro, sobretudo no distanciamento. Boates, rodas de samba e escolas de samba permanecem fechadas.

O prefeito Marcelo Crivella também manteve proibida a permanência de banhistas na areia das praias do município, apesar de a medida ser desrespeitada pela população.  

Crivella afirmou que após a 6B a cidade entrará na “fase conservadora”, com liberação do resto das atividades mas com alertas constantes. Não foi descartada a volta de restrições em caso de aumento do número de casos e mortes pela Covid-19.

Ainda está proibido na cidade do Rio de Janeiro:


– Permanecer na areia da praia
– Boates
– Rodas de samba
– Ensaios e eventos em escolas de samba
– Pista de dança em qualquer estabelecimento

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc