Turismo no RJ ganha fôlego impulsionado por hotéis

Rio de Janeiro

O turismo do estado do Rio vem aquecendo junto com as temperaturas, após meses de crise provocada pela pandemia. Com a flexibilização do isolamento, a liberação progressiva da circulação de pessoas em todo o Estado e as ações promovidas para retomada do turismo na cidade, o setor já mostra sinais de melhora.  

O segmento ganhou fôlego com a reabertura de hotéis e, principalmente, pelo grande interesse de cariocas e turistas brasileiros em viajar com segurança. Somente no mês de setembro, a procura pelo termo “hotel no Estado do Rio de Janeiro”, no Google, aumentou aproximadamente 150% em relação a abril. Além disso, há um movimento de cariocas que estão redescobrindo o Rio, explorando roteiros alternativos no interior do estado e visitando pontos turísticos normalmente associados ao fluxo de turismo internacional. 

Como a secretaria especial de Turismo e legado olímpico do Rio de Janeiro, Camila Sousa, já havia adiantado no lançamento do projeto Redescubra o Rio, o turismo pós isolamento será de pequenas distâncias, com as pessoas optando pelo carro e explorando o “quintal” de casa.  A adaptação de protocolos sanitários mais rígidos têm sido peça fundamental nesse momento de alta procura do chamado “turismo local” ou “turismo de proximidade”.

Com todos os atrativos liberados, promoções em restaurantes e diárias até 40% mais baratas o setor hoteleiro na cidade tem visto uma alta no movimento. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), a taxa de ocupação hoteleira tem ficado entre 55% e 80% dentro do limite autorizado da capacidade dos empreendimentos em todo o Estado. Na cidade do Rio, a média de ocupação é de 46%, sobretudo aos finais de semana e feriados, sendo Ipanema, Leblon, Copacabana e Leme os bairros mais procurados.

Para estimular ainda mais o setor turístico no Rio de Janeiro, a campanha Mais Rio por Menos vai oferecer descontos e vantagens exclusivas para turistas entre os dias 16 e 30 de outubro. A iniciativa abrange hotéis, restaurantes, lojas, equipamentos turísticos. 

VOCÊ VAI GOSTAR DE VER TAMBÉM…