Nesta segunda-feira, dia 25 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Bossa Nova. A data também marca o aniversário de Antônio Carlos Jobim, o Tom Jobim. O dia é uma homenagem ao aniversário de um dos maiores compositores que a música popular brasileira já teve, e que se eternizou com a canção Garota de Ipanema, considerada o hino da Bossa Nova.

Ao lado de Vinícius de Moraes e João Gilberto, o maestro liderou o movimento que surgiu na década de 50, derivado do samba e com influência do Jazz. A lei que oficializou a data foi sancionada em abril de 2009.

E como nada combina mais com a Bossa Nova que a praia do Rio de Janeiro, vamos relembrar alguns dos compositores e músicos que possuem homenagens espalhadas pela orla da cidade maravilhosa. Confira:

Tom Jobim – Ipanema

A escultura, em tamanho natural, retrata Tom Jobim jovem, nos anos 60, de terno de linho branco, caminhando tranquilo carregando um violão nos ombros. A homenagem foi feita para comemorar os 20 anos de saudade do Tom Jobim, que cantou a cidade e principalmente Ipanema para o mundo.

Dorival Caymmi – Copacabana

Músico e compositor de músicas de grande sucesso popular, de pé e carregando o seu violão Dorival Caymmi saúda quem passa. Por muitos anos morou em Copacabana e foi homenageado em dezembro de 2008 com uma estátua de bronze colocada próximo ao mar que o inspirou nas suas canções.

Ary Barroso – Leme

Compositor brasileiro de música popular, ficou famoso pelos seus sambas e especialmente pela música \”Aquarela do Brasil\”. Criado em 2002, o monumento foi uma solicitação dos moradores do bairro para homenagear o compositor que passou seus últimos 40 anos no bairro do Leme. 

1 Comentário

  • Postado 25/01/2022 5:14 pm
    por Josélia Maria Silva

    Sou vizinha de Juazeiro (BS) terra do gênio João Gilberto
    Viva a Bossa Nova

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc