Nesta quinta-feira, dia 21, o prefeito Eduardo Paes descartou a possibilidade de realizar o carnaval em julho no Rio de Janeiro. Anteriormente, os blocos de rua e desfiles na Sapucaí tinham sido transferidos para a metade do ano. Assim que o adiamento foi proposto pela prefeitura, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) condicionou a realização dos desfiles à campanha de imunização contra a Covid-19. 

Diante do cenário atual, o prefeito disse em suas redes sociais que é impossível controlar a pandemia do coronavírus até julho, mesmo com a vacinação já em curso. Recentemente, no dia 13 de janeiro, o projeto “CarnaRio” do deputado Dionísio Lins (PP), foi sancionado pelo governador em exercício, Cláudio Castro. A proposta é incluir, todo ano, um segundo carnaval no mês de julho. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc