A Prefeitura do Rio implementou, na última sexta-feira, dia 15, restrições específicas para os estabelecimentos da cidade. A decisão foi pautada no segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. O documento revelou que 85% da cidade do Rio de Janeiro está com risco alto de Covid-19. Frente a esta realidade, foram implementadas novas medidas de restrição. Entre elas consta a limitação do público a ⅔ da capacidade no comércio, aulas coletivas com no máximo seis participantes nas academias e a proibição da música ao vivo em restaurantes, quiosques e boates.

Uma das razões que motivou essa atitude foi que, em apenas uma semana, o número de regiões administrativas neste estágio aumentou de 18 para 28. No total, são 33 regiões cariocas. Entre as RA com risco alto estão Copacabana e Barra da Tijuca, áreas conhecidas pela beleza de suas praias. Os dados serão atualizados e analisados semanalmente pela Prefeitura de modo que as restrições poderão mudar de acordo com os indicativos. O boletim epidemiológico será divulgado toda sexta-feira. Logo, até pelo menos a próxima sexta-feira, dia 22, a música ao vivo está proibida em boates, restaurantes, e é claro, também nos quiosques praianos.


Além da nova restrição, as medidas de segurança como manter o espaçamento de 1,5 metro entre os conjuntos de mesa, disponibilizar álcool 70% para os clientes e o uso de máscara obrigatório continuam. Vale lembrar que os nossos quiosques estão abertos seguindo todas as regras de ouro da prefeitura.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc