O Dia do Descobrimento do Brasil é comemorado anualmente dia 22 de abril, mas não se engane, a data não é feriado nacional. O dia ficou marcado pela chegada dos navegadores portugueses ao território brasileiro pela primeira vez no ano de 1500.

Por mais que não seja feriado nacional, o descobrimento do Brasil, devido ao seu valor histórico, faz parte do nosso calendário e é abordado pela sociedade de uma forma simbólica.

Você sabia?

Muitos consideram que o descobridor do Brasil foi Pedro Álvares Cabral, pois era o chefe da expedição portuguesa que chegou às terras brasileiras. Entretanto, o termo é usado apenas como referência, já que quando os portugueses chegaram o país era habitado por vários povos indígenas. Estudiosos estimam que existiam no Brasil aproximadamente de 3 a 4 milhões de índios naquela época.

Segundo historiadores, os portugueses chegaram ao Brasil onde conhecemos hoje como a cidade de Porto Seguro na Bahia. Eles partiram de Lisboa, em Portugal, no dia 09 de março de 1500 com dois objetivos principais: tratados comerciais com a Índia e explorar as terras onde seria a América. Nesse período, Portugal promovia as Grandes Navegações que exploravam as possibilidades pelo oceano Atlântico e o descobrimento do Brasil faz parte de uma dessas expedições.

Comandados por Pedro Álvares Cabral, com 13 embarcações e cerca de 1500 homens, em 22 de abril de 1500 foi avistado o Monte Pascoal, pertencente ao território brasileiro. No dia seguinte, ao explorar o litoral, houve o encontro entre os portugueses e indígenas, que foi um verdadeiro choque cultural, já que os índios ficaram curiosos com os objetos, animais, metais e com as roupas.

Por serem católicos, o objetivo dos portugueses era catequizar os índios, mas depois iniciou-se o processo de colonização do Brasil e extração das matérias-primas do país, como o pau-brasil, por exemplo, fazendo com que a comunidade indígena fosse fortemente escravizada.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc