Dia do trabalhador, do trabalho, dos trabalhadores…a nomenclatura muda de acordo com a região mas o fato é que, o dia 1 de maio é reconhecido internacionalmente como dia de celebrar as conquistas da classe trabalhadora ao longo da história. No Brasil e em outros 80 países, o Dia Mundial do Trabalho é feriado e as organizações prestam homenagem aos trabalhadores.

A data surgiu em 1886, quando trabalhadores americanos fizeram uma paralisação no dia primeiro de maio para reivindicar melhores condições de trabalho. Entre os pleitos estavam a redução da jornada de 13 para 8 horas, descanso semanal, férias e aumento nos salários. O episódio foi denominado Revolta de Haymarket (Haymarket Affair) e reuniu milhares de operários nas ruas de Chicago. Durante o confronto com a polícia, uma bomba explodiu resultando em mortos e inúmeros feridos.

O movimento se espalhou pelo mundo e, no ano seguinte, trabalhadores de países europeus também decidiram parar em protesto. Em 1889, operários que estavam reunidos em Paris (França) decidiram que a data se tornaria uma homenagem aos trabalhadores que haviam feito greve três anos antes. 

Atualmente, o Dia do Trabalho nos EUA (Labor Day) é celebrado na primeira segunda-feira de setembro, uma tentativa de não deixar a data marcada pela lembrança triste das pessoas que morreram em maio de 1886 e não associar a data ao movimento da esquerda, que impulsionou as lutas sindicais.

No Brasil

No Brasil, o Dia do Trabalho foi instituído oficialmente durante o governo de Artur Bernardes, em 1925, mas a influência dos imigrantes europeus levou a uma greve geral em 1917 para reivindicar direitos. Os operários e comerciantes da cidade de São Paulo permaneceram em greve durante dias, por conta das condições precárias de trabalho e cobrando aumento de salário, redução das jornadas e proibição do trabalho infantil.

Como resultado da greve houve aumento de 20% no salário e as condições melhoraram, atendendo parte das reivindicações. Na Era Vargas, foi instituído o salário mínimo no país  e no dia 1 de maio de 1941, a data foi utilizada para marcar a criação da Justiça do Trabalho, assim como a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que foi anunciada na data de 1943. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc