Com o objetivo de discutir a gestão e tratamento consciente dos resíduos sólidos no Brasil, a Câmara Municipal do Rio e a Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (Alerj) promovem nesta quinta (20), às 9h, o Fórum Municipal Cidades Lixo Zero. 

O Fórum é voltado para gestores públicos, acadêmicos, parlamentares, empresários e sociedade civil, interessados em compartilhar ideias que colaboraram para a melhor utilização dos recursos públicos com atitudes simples. Em razão da pandemia, o auditório funcionará com metade da sua capacidade e a discussão será transmitida ao vivo pelo YouTube. 

O evento terá a presença de Renato Paquet, que é fundador da Polen, do Recicla Orla e Diretor-Presidente de Cleantechs da Associação Brasileira de Startups. Além disso, Renato é Bacharel em Ecologia com ênfase em economia circular e gestão pela UFRJ, passou por várias empresas, e é autor de diversas publicações para a cadeia da reciclagem e logística reversa, trabalhando diretamente com a demanda das indústrias de todos os portes para diferentes aspectos que tangem a economia circular e sustentabilidade.

Renato demonstrou preocupação com a importância de espaço para esse tipo de debate:

“Acredito que seja fundamental a gente unir diferentes opiniões, diferentes áreas de atuação e também interesses estratégicos dos secretários de meio ambiente em desenvolver políticas públicas e empreendedores para desenvolverem sistemas inovadores de tratamentos de resíduos para as cidades e essa discussão uníssona tem um impacto muito positivo no ambiente de diálogo, para que todo mundo possa se ouvir e seja uma solução que parta do interesse do sistema público com a capacidade do sistema privado”.

O conceito de lixo zero funciona como uma meta para guiar pessoas e instituições a mudarem as suas práticas com objetivo de incentivar os ciclos naturais sustentáveis, em que todos os materiais são destinados adequadamente para permitir sua recuperação e uso pós-consumo. Também são propostas medidas de ação pública e privada que minimizem os impactos do aquecimento global.

O fundador da Pólen e do Recicla Orla ainda reforçou o impacto e os desafios da iniciativa Lixo Zero:

“A meta para certificar as cidades como lixo zero é uma meta ousada, considerando que esta precisa destinar 90% dos seus resíduos para fins nobres, como reciclagem e geração de energia com biometanização, ou seja, sem a incineração de recicláveis. É uma meta bastante ousada para um país que cerca de 40% dos resíduos vão para lixões e aterros sanitários e os sistemas de coleta seletiva atingem poucos municípios do país. Mesmo assim, acredito que toda meta ousada funciona para capacitar e estimular o público a atender uma demanda cada vez mais latente da sociedade, porque se a gente pede lixo zero mas nossa cidade ainda tem uma capacidade muito aquém de realizar aquela meta, isso estimula o sistema público a desenvolver estratégias que minimamente saiam do lugar, que se mexam em direção ao Lixo Zero”.

O fórum acontecerá no auditório da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), no Centro do Rio. A iniciativa é fruto de uma parceria com o Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) que iniciou um ciclo de debates sobre o tema em diversos estados e no Distrito Federal ao longo do mês de maio, como preparação para o evento nacional.

Você conhece o Recicla Orla?

Nas praias e orlas, o lixo acumulado é extremamente perigoso, já que a maioria dos resíduos acaba indo para os oceanos, prejudicando a biodiversidade marítima e nós que dependemos dela. Por este motivo, a Orla Rio Concessionária e a Polen se juntaram para realizar o Recicla Orla. Um projeto que consiste na colocação, gestão e operação de pontos de entrega voluntária em toda orla do Rio de Janeiro. 

Dessa forma, tanto os frequentadores da praia, quanto os quiosques da orla e até mesmo os moradores da região tem uma alternativa sustentável para descarte de seus resíduos pós-consumo. O projeto já coletou e contribuiu com a redução, até o momento, de 153.39 toneladas de resíduos sólidos e evitou a emissão de 86.63 toneladas de CO2 equivalentes.

O Recicla é uma das iniciativas cariocas que contribuem para tornar o Rio uma cidade Lixo Zero.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc