O Recicla Orla completa dois anos de existência neste sábado (05/06) e a comemoração será com a ampliação do projeto para toda orla da zona sul do Rio. Antes eram 24 Pontos de Entrega Voluntários (PEVs) espalhados por Leblon e Ipanema, agora, com a expansão, serão 56 PEVs, em todos os quiosques do Mirante do Leblon à Mureta do Leme. 

A expansão do projeto conta com o patrocínio do iFood e a parceria já consolidada da Polén, que faz a gestão dos resíduos. Todos os quiosques entre o Leme e o Mirante do Leblon funcionarão como pontos de coleta e a expectativa é que sejam recolhidas 200 toneladas de resíduos por mês após a instalação dos PEVs. 

Em dois anos de projeto, já foram coletadas mais de 170 toneladas de resíduos sólidos, evitando a emissão do equivalente a 90 toneladas de CO² no meio ambiente. Com o Recicla Orla, todo esse material coletado nos PEVs é reciclado, fazendo com que ele retorne ao ciclo de produção.

O projeto representa uma revolução na maneira como os resíduos das praias e seu entorno são tratados hoje. Todo o processo de reciclagem é rastreável pela tecnologia blockchain, que permite que as empresas possam utilizá-lo para comprovar a realização da logística reversa e cumprir com a legislação em vigor. A plataforma desenvolvida pela Pólen permite que tanto o cidadão que deposita seu lixo como as empresas que adquirem créditos de logística reversa, saibam o destino dos resíduos coletados e no que se transformaram.

“Queremos devolver o protagonismo de cidade sustentável ao Rio de Janeiro. É o município que sediou a Eco-92 e a Rio+20, por exemplo, iniciativas de sustentabilidade global, que tem, portanto, esse tema como prioridade ao longo das últimas décadas. Além disso, precisamos cuidar das praias cariocas, um dos principais ativos não só da cidade, mas do Brasil”, explica Renato Paquet, CEO e fundador da Polen.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc