A cidade do Rio vai sediar, no primeiro semestre de 2022, o Rio +30 Cidades, que discutirá o papel dos centros urbanos nas mudanças climáticas mundiais. O evento será nos mesmos moldes da Rio +20, realizada em 2012, mas desta vez com a presença de líderes das metrópoles. Há oito anos, o evento era uma conferência da ONU que recebeu chefes de estado, assim como na Eco 92.

Lembrando que neste sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, a prefeitura lançou o Plano de Desenvolvimento Sustentável (PDS) e Ação Climática da Cidade, um projeto que prevê a elaboração de planos estratégicos até 2050, para manter a saúde ambiental da cidade e da população.

Promovido pela Secretaria de Meio Ambiente da Cidade em conjunto com a Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública, por meio de sua Coordenação de Relações Internacionais e Cooperação, o Rio +30 Cidades tem a expectativa de representar um importante símbolo da retomada verde do turismo carioca. E será construído, nos próximos meses, em parceria com importantes organizações como o C40, o ICLEI, a ONU e o Fórum CB27, sob a coordenação do Rio de Janeiro. 

A conferência terá como objetivo a discussão da pauta climática sob a ótica das cidades, com ampla participação da sociedade civil. Durante o evento, será lançada uma declaração das cidades para a promoção do desenvolvimento sustentável, chamada de Declaração do Rio.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc