O primeiro ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio chegou pela modalidade estreante: o surfe. O surfista brasileiro Ítalo Ferreira se tornou o primeiro campeão olímpico da história do surfe ao superar o japonês Kanoa Igarashi na final da modalidade, realizada na praia de Tsurigasaki. 

Ele garantiu o ouro fechando o placar em 15.14 contra 6.60 de Igarashi, concluindo uma participação praticamente perfeita na disputa. Na bateria decisiva, Ítalo teve sua prancha quebrada logo nos primeiros minutos, mas conseguiu contornar o imprevisto e deu show nas manobras. 

A conquista fez Ítalo se consolidar como um dos grandes nomes da história do surfe na atualidade. Afinal, além de ser o primeiro medalhista olímpico de ouro da modalidade, também é o último campeão mundial, em conquista assegurada em 2019 – em função da pandemia do coronavírus, o campeonato não foi realizado no ano passado.

Gabriel Medina, outro brasileiro favorito ao pódio, acabou ficando em 4º lugar após perder para Igarashi na semifinal, com notas controversas, e para o australiano Owen Wright na disputa pelo bronze. 

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc