Ao contrário de algumas outras datas, o Dia Nacional do Ciclista foi instituído a partir de um fato triste. Em 19 de agosto de 2006, o biólogo Pedro Davison pedalava por Brasília, quando foi atropelado e morto por um homem que dirigia embriagado e com velocidade além da permitida. Para piorar, ele fugiu sem prestar socorros. 

Em lembrança e homenagem ao ocorrido, em 2017 foi aprovado o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 76/2017, que determinava o dia 19 de agosto como Dia Nacional do Ciclista. Mais do que fazer memória, a data busca conscientizar todos os motoristas, ciclistas e pedestres a trafegarem com segurança e responsabilidade, sempre visando a segurança própria e a dos que estão ao redor. 

O ciclismo, seja ele profissional ou por lazer, proporciona não apenas benefícios para a saúde, mas momentos de muita alegria. Então pegue a sua bike e embarque nesta aventura! Saiba algumas medidas para misturar diversão com segurança:

Atenção: antes de começar a praticar qualquer atividade física, consulte seu médico, procure a orientação de um profissional de educação física e, se for se exercitar durante o dia, não esqueça o protetor solar.

Confira as condições da bicicleta antes de sair de casa: se os pneus estão cheios, se a altura do banco está confortável para você e se o descanso está para cima. 

Planeje qual caminho você pretende fazer e tenha em mente outros alternativos, para não ser pego de surpresa. 

Pedalar te causa uma sensação de prazer, isso porque a ação aumenta a liberação de endorfinas e serotoninas, hormônios responsáveis por esta sensação. Além disso, a liberdade que a atividade proporciona e o vento no rosto causam ainda mais entusiasmo. 

É recomendável manter uma distância segura dos outros veículos e uma velocidade compatível com a via e as circunstâncias.

Ao pedalar, o metabolismo é acelerado e isso faz com que a queima de calorias no corpo seja mais acelerada. Isto é, ajuda no emagrecimento

Muito importante: não pedale com fones. É importante estar atento ao trânsito. Além disso, andar de bicicleta usando fones de ouvido é proibido por lei. 

Mas a melhor dica de todas é você pedalar na orla do Rio de Janeiro! Do Leme ao Pontal, são 34 km de pura orla e o visual vai te surpreender. Lá, você também pode dar uma paradinha e frequentar algumas das diversas opções de quiosques, que oferecem uma gastronomia de alta qualidade. Vem pra orla! 

Aproveite o Dia Nacional do Ciclista da melhor forma: andando de bicicleta!

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc