Hoje é o Dia Mundial do Combate ao Estresse! Conforme definição do Ministério da Saúde, o estresse é uma reação natural do organismo. Contudo, para muitas pessoas, por diferentes razões, torna-se um grande problema a ser carregado no dia a dia. Para ampliar a conscientização sobre o tema, 23 de setembro foi escolhido como o Dia Mundial de Combate ao Estresse. 

Prevenção e controle são duas palavras-chave nesse combate, e uma boa alimentação e a prática de atividades físicas regulares são fatores que contribuem para diminuir o estresse diário das pessoas.

Nem todo mundo sabe, mas a praia possui diversas propriedades terapêuticas. Em um artigo publicado na Inc., Anne Gherini, diretora de marketing da Affinity, empresa que atua no desenvolvimento de softwares para análise de dados, reuniu evidências científicas e estudos que mostram os efeitos positivos no cérebro, após o contato com a praia. Para ela, “há algo tranquilizante nos sons das ondas, no cheiro da água e na sensação de areia morna sob os pés”.

O barulho das ondas tranquiliza! O professor de saúde comportamental da Universidade do estado da Pensilvânia, Orfeu Buxton, diz que os sons repetitivos das ondas batendo na costa “são tranquilizantes”. Outro ponto listado por pesquisadores é que o som das ondas pode ajudar a entrar em um estado de meditação, o que comprovadamente ajuda a fortalecer o cérebro.

O azul do oceano acalma! Estudos comprovam que diferentes cores produzem efeitos psicológicos, emocionais e físicos distintos. O azul, por exemplo, é frequentemente usado para transmitir calma. Segundo Anne, o The Global Healing Center, instituto de pesquisa sobre saúde, aconselha as pessoas a se cercarem de azul. O psiquiatra Richard Shuster concorda. “Olhar o oceano, na verdade, muda a frequência do nosso cérebro e nos coloca em estado de meditação”, diz. 

Respire! O simples fato de se aproximar da praia e respirar o ar misturado com o sal do mar pode ser benéfico. A estrutura de íons negativos do ar oceânico, segundo pesquisadores, ajuda a acalmar o cérebro. E eles também têm efeitos anti-depressivos. 

Sinta a areia sobre seus dedos! Andar descalço estimula benefícios ao corpo e à mente. A razão para isso são as redes nervosas e os pontos usados na acupuntura. Da mesma forma que nosso pulmão absorve os íons do ar, nossos pés também o fazem através do contato com a terra. Um estudo no Journal of Alternative and Complementary Medicine explica os benefícios. Ao estar descalços, nos conectamos com a “carga de energia da Terra”.

Vem relaxar na orla carioca!

Fonte: Época com adaptações

Matéria escrita por João Piedras

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc