A primavera de 2021 não tem sido tão marcada pela alta das temperaturas como é comum. Em relação ao mesmo período do ano passado, os termômetros marcaram números mais baixos. Isso pode ser causado por uma série de fatores que explicam o porquê de tanto frio nessa estação que começa a aquecer preparando a galera para o verão.

De acordo com o site Diário do Rio, o outubro de 2021 está sendo com temperatura muito abaixo do observado na mesma época do ano passado. A média das temperaturas máximas de 1 a 24 de outubro de 2020 foi de 28,5°C, 4,6°C acima da média das máximas no mesmo período de outubro de 2021

No Rio de Janeiro, o dia 20 de outubro de 2021 foi um dos mais frios do ano até agora, com temperatura máxima de apenas 19,6°C, na região da estação meteorológica da Vila Militar, na zona oeste carioca. É uma temperatura muito baixa para os padrões normais da cidade do Rio de Janeiro em outubro.

A média das máximas de 1 a 24 de outubro de 2021 foi de 27,6°C, sendo que a média climatológica de temperatura máxima para este mês é de 28,2°C. Em 24 dias, o termômetro na Vila Militar marcou mais do que 30°C em apenas 8 dias.

A temperatura do Atlântico Sul também se mostrou favorável ao clima mais frio. Basicamente, a baixa temperatura nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro pode ser explicada pelo excesso de dias com muita nebulosidade e chuva e a presença de ar frio de origem polar.

O ar frio e parte da chuva foram provocados pela passagem de frentes frias sobre a Região Sudeste, mas as condições da temperatura superficial da água do mar no Atlântico Sul facilitaram o deslocamento das frentes frias.

O fenômeno oceânico-atmosférico La Niña , também um dos causadores do frio, se estabeleceu de vez na porção central-leste do oceano Pacífico Equatorial. O La Niña é o período em que a temperatura da água nesta região do Pacífico fica abaixo do normal, tanto na superfície quanto em profundidade.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc