Quem frequentou a orla carioca nos últimos dias, notou uma diferença na coloração do mar em alguns pontos das praias do Rio. São Conrado, Leblon, Ipanema e Arpoador haviam pontos com uma espuma avermelhada. 

Segundo o Inea, o fenômeno não oferece risco à saúde. O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) disse que a coloração observada nesta segunda-feira (8) na água e na areia de algumas praias da zona sul foi provocada pela decomposição de algas vermelhas que, “em virtude do movimento das ondulações, vento e amplitude das marés ocorridas nos últimos dias, se desprendem do fundo do mar e costões rochosos”. Ainda de acordo com a secretaria, elas não oferecem riscos à saúde da população.

Fonte: A reportagem é do G1 e a imagem é de Eduardo Pierre

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc