Este ano não teremos o nosso tradicional Carnaval nas ruas. Porém, para celebrar e relembrar a nossa folia amada, hoje, quinta-feira, dia de TBT, vamos falar do bloco mais tradicional da orla, a Banda de Ipanema!

A banda nasceu em 1964, no bairro do consagrado Vinícius de Moraes e é considerado pelos moradores como um dos blocos mais democrático. Ela foi idealizada pelo Albino Pinheiro  e ganhou vida através do Ferdy Carneiro, e liderada por Albino, junto com Jaguar, Ziraldo, os integrantes do jornal O Pasquim.  Este veículo de comunicação foi um marco da sua geração por trazer o humor e desafiar a ditadura. 

Inicialmente, a criação da banda foi justificada pela necessidade de inovar o carnaval, protestar contra as limitações impostas pela ditadura e debochar da situação do país. O primeiro desfile saiu do famoso bar Jangadeiros, que é um reduto de artistas, palco do cinema novo, da bossa nova, dos chamados tempos dourados da boemia ipanemense. O bloco se inspirou na Banda da Mula Manca – em Boca Dura. 

Uma curiosidade sobre a Banda de Ipanema é que os seus primeiros mestre-salas e porta-bandeiras foram Chico Buarque, Maria Vasco, Leila Diniz, respectivamente. As gêmeas Laura e Delia Carvalho, nomes bem conhecidos no bairro, chegaram a ser madrinhas.

Atualmente a Banda não sai mais do bar Jangadeiros, seu trajeto é o seguinte: Praça General Osório, rua Teixeira de Melo (na contramão), avenida Vieira Souto, rua Joana Angélica, rua Visconde de Pirajá, e retorno à praça. 

Bom, já que não veremos a banda esse ano, que tal se jogar na alegria dos quiosques e reviver a boa energia? Vem pra Orla.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc