Começou a contagem regressiva para receber o novo polo de cultura congolesa do Rio. A partir do dia 30 de junho, o quiosque Moise começa a funcionar no Parque Madureira, próximo ao portão 1. A data de inauguração simboliza o Dia da Independência da República Democrática do Congo, completando os seus 62 anos. O projeto está sendo realizado pela Prefeitura do Rio e pela Orla Rio como uma oportunidade de negócio para a família empreender e disseminar a cultura do Congo aos cariocas e turistas.

A obra do empreendimento foi iniciada no início de abril e foi totalmente executada pela equipe de manutenção da Orla Rio. De acordo com o engenheiro, responsável geral por essa construção, Felipe Junqueira, o modelo do quiosque foi inspirado no mesmo protótipo dos quiosques de Ipanema. “Unimos bases simples, fizemos uma extensão para trás do quiosque, que servirá de depósito. O espaço foi feito com cobertura de fibra. Depois disso iniciamos a parte de revestimento, a parte de elétrica, assim como a parte de hidráulica. Revestimos os balcões com madeira de qualidade e optamos por um deck com maior durabilidade, com estrutura de concreto armado e revestimento de cerâmica. Tudo para dar o maior conforto para os clientes e balancear o faturamento em dias de chuva. Além disso, iremos colocar uma testeira bem moderna.  Na parte de merchandising preparamos a estrutura para manifesto artístico, que inclusive já recebeu um grafite e também vai receber um adesivo, elaborado pela equipe de merchan da Orla. Estamos doando todo o mobiliário e demais equipamentos, afirmou.

Junqueira, que sempre esteve à frente dos projetos de construção civil da Orla Rio, também comenta que o local vai trazer um novo polo para aquela área que não era utilizada no Parque, e terá bastante estrutura para a família Kabagambe poder trabalhar e obter êxito. O espaço possui 154m² de área total e capacidade para 60 lugares. Com arquitetura e cores totalmente inspiradas na cultura africana, o espaço ainda conta com um grafite exclusivo do artista Airá Ocrespo, que é conhecido por trazer em todas as suas obras o empoderamento negro. O local também foi contemplado com uma arte em azulejos com o rosto do congolês e funcionará como memorial da cultura africana por meio da parceria com o Instituto Akhanda.

https://www.instagram.com/quiosque.moise/

Serviço:

Local: Parque Madureira, portão 1 R. Soares Caldeira, 115 – Madureira, Rio de Janeiro – RJ, 21351-140

Inauguração: 30/06/2022

Horário: 14:30  

As reservas podem ser feitas através do número: 99578-8213.

Deixe um comentário

AIzaSyA5tPbYDErzSozNDJ4r7vcHSXTfKEz1oWc