Recicla Orla e Polén participam de reunião com União Europeia

Recicla Orla e Polén participam de reunião sobre turismo sustentável com União Europeia

Em uma agenda focada em troca de experiências, nesta quarta-feira (23), ás 10h, a Orla Rio, por meio do Recicla Orla, a Polén e a União Europeia participarão de uma reunião técnica de apresentação de iniciativas internacionais que apoiam a sustentabilidade no setor de turismo, promovida pelo programa Plásticos Circulares nas Américas (CPAP). 

O objetivo é incentivar as ações de sustentabilidade no turismo carioca, fomentando as importantes ações realizadas pelo Recicla Orla, em prol de um turismo mais sustentável e  da economia circular nas praias do Rio.

O CPAP convida a Orla Rio e Pólen para apresentarem o Projeto Praia Circular, iniciativa pioneira no Rio desenhada em parceria com o Programa, que tem como meta reduzir 20% do uso do plástico nas operações dos quiosques e ambulantes das Praias doLeme e Copacabana.

A agenda promovida pela União Europeia inclui a apresentação do Programa Plásticos Circulares nas Américas (CPAP), liderado pela UE e da apresentação da Iniciativa Global para os Plásticos no Turismo (GTPI), co-executada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e Organização Mundial de Turismo (WTO).

O CPAP abordou nesta semana também, o Comitê Plástico Circular Rio, uma iniciativa da prefeitura do Rio, que vai acompanhar de perto o andamento das estratégias para a implementação de novas ações no âmbito técnico e legal debatidas durante os encontros promovidos na cidade pelo programa Plásticos Circulares nas Américas (CPAP), liderado pela União Europeia, que tem o objetivo de apoiar a transição para uma economia circular na gestão do plástico na cidade. As ações serão integradas com as políticas econômicas, sociais e urbano ambientais previstas no Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática (PDS) e no Plano Estratégico 2021-2024.

VOCÊ VAI GOSTAR DE VER TAMBÉM…

Domingo de experiências no Tia Augusta

Domingo de experiências no Tia Augusta

Há mais de 60 anos, um pequeno negócio nascia na Barra da Tijuca sob o vigor da  portuguesa Maria Augusta Ferreira que, naqueles tempos, nem podia imaginar a proporção que