Sábado com de tempo instável e chuva

Final de semana terá clima instável

Bom dia! Hoje é sábado, 05 de novembro e estas são as principais informações sobre o tempo e o mar para você planejar seu dia de primavera da melhor forma possível.

Clima e tempo

Segundo o ClimaTempo, o dia será de nublado e com chuva a qualquer momento. Há 90% de possibilidade de chuva. O tempo estará com clima mais ameno pela manhã com aumento das nuvens ao longo do dia. A temperatura diminui um pouco. A máxima é de 26° e a mínima é de 15°.

Esporte

Antes de começar a praticar a se exercitar é importante consultar um médico ou profissional de educação física para avaliar as condições físicas e orientar corretamente de acordo com o perfil de cada indivíduo. Como, por exemplo, a distância a ser percorrida, a velocidade e o tempo. 

Vestementa:

É recomendado usar roupas leves, que deixem os movimentos livres e mais leves. A escolha do tipo de tênis que for usar é muito importante porque pode influenciar no desempenho e na redução do risco de lesões. É essencial consultar um ortopedista para indicações profissionais. Não se esqueça de passar o protetor solar antes de sair de casa, especialmente se o sol estiver intenso.

Condições do mar e do surf

O site Waves informa que o mar, de uma forma geral, está com ondas de até 1,0 metro ao longo do dia. O vento sopra do nordeste fraco de manhã e vira para Leste de forma moderada durante a tarde. O swell vem do sul e o período é de 16 segundos. Confira as opções do surfe abaixo e no site da Waves. 

Balneabilidade da água

Segundo a última medição da balneabilidade da água feita pelo INEA, as praias próprias para banho são: Prainha, Recreio, Barra da Tijuca, Pepino, São Conrado, Leblon (Menos em frente à Rua Bartolomeu Mitre), Ipanema, Arpoador, Diabo, Copacabana e Leme. Confira a medição completa aqui

 

VOCÊ VAI GOSTAR DE VER TAMBÉM…

Domingo de experiências no Tia Augusta

Domingo de experiências no Tia Augusta

Há mais de 60 anos, um pequeno negócio nascia na Barra da Tijuca sob o vigor da  portuguesa Maria Augusta Ferreira que, naqueles tempos, nem podia imaginar a proporção que