Personagens da orla: Quiosque da Célia, há 40 anos na orla carioca

Personagens da orla: Quiosque da Célia, há 40 anos na orla carioca 1

As praias cariocas desempenham um papel fundamental na vida e na cultura do Rio de Janeiro, além de muita beleza, agregam histórias e culturas diversas que precisamos mesmo conhecer. Ao traçar a evolução desse universo praiano, é impossível não destacar os verdadeiros protagonistas – aqueles personagens autênticos que fazem da praia não apenas um lugar, mas um palco para negócios empolgantes e destinos especiais. São eles que transformam as areias em uma experiência verdadeiramente cativante.

Célia Oliveira, que é mineira de Teófilo Otoni, de coração carioca, é empreendedora, somando mais de 40 anos na orla carioca, à frente do tradicional quiosque da Célia, localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. É ali, entre o vai e vem das ondas e o murmúrio dos frequentadores, que a história de Célia se desenrola, como um conto de persistência, coragem e amor pela tradição carioca a praia.

Há décadas, o Quiosque da Célia tem sido um farol de hospitalidade e calor humano ao longo da orla. Célia, a guardiã deste pequeno oásis à beira-mar, é uma figura lendária entre os moradores locais e visitantes frequentes. Com sua risada contagiante e sorriso acolhedor, ela recebe todos os amigos como se fossem membros da família.  Mas por trás do brilho de sua personalidade acolhedora, reside uma jornada marcada por grandes desafios e obstáculos. Célia, uma das operadoras mais antigas da orla carioca, enfrentou as marés turbulentas da vida com bravura e determinação. Desde os dias humildes de sua juventude até os anos de trabalho árduo à frente do quiosque, cada passo foi moldado pela resiliência e paixão inabalável.

Recordando os dias de glória do passado, Célia compartilha as memórias que permeiam as paredes do seu modesto estabelecimento. “É como se cada pedaço do quiosque fosse um capítulo de uma saga familiar, onde os clientes são mais do que meros espectadores; são parte integrante da história. Eu amo estar aqui, para mim isso é um privilégio, poder trabalhar aqui na praia, na orla, ser tão amada pelos meus fregueses. Se tem um dia que não apareço, eles me mandam mensagem perguntando se estou bem, porque não estou no quiosque…Tudo isso não tem preço, sou muito abençoada”, declarou Célia.

No entanto, não foram apenas os dias ensolarados que definiram a trajetória da empreendedora. Como uma valente brasileira, ela enfrentou tempestades literais e metafóricas, transformando desafios em oportunidades e adversidades em lições de vida. Além de ser uma empresária dedicada, Célia desempenhou papéis múltiplos ao longo de sua jornada. Criou seu filho com amor e dedicação, montou sua casa com suor e determinação, e estendeu uma mão solidária às famílias da comunidade oferecendo oportunidades de trabalho no quiosque. Seu compromisso não se limitava apenas aos negócios; era uma expressão tangível de seu amor pela sua gente e sua cidade.

Hoje, enquanto o sol se põe sobre o horizonte inconfundível da Barra da Tijuca, o Quiosque da Célia permanece como um farol de esperança e inspiração. É um lembrete vívido de que, no coração desta cidade vibrante, reside a alma resiliente de seus habitantes. E Célia, com sua presença calorosa e espírito indomável, continua a ser a personificação dessa essência carioca – uma verdadeira guardiã da tradição à beira-mar.

Atualmente o quiosque da Célia é certificado com o selo pet friendly, concedido pela Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro em 2021, no qual sinaliza os locais adequados para o recebimento dos pets. Ao todo já são mais de mil estabelecimentos credenciados em todo estado. Além do selo, o projeto ainda conta com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Subprefeitura da Barra da Tijuca.  Vale ressaltar que esta é o primeiro quiosque petFriendly do Brasil, por uma iniciativa da Orla Rio, com objetivo de permitir que animais de estimação façam parte de um público consumidor. Além de trazer benefícios para os peludos, o projeto ajuda a impactar positivamente a economia local

Com os olhos marejados de gratidão e nostalgia, Célia reflete sobre sua jornada extraordinária e as muitas vidas que tocou ao longo do caminho. Para ela, o Quiosque da Célia é mais do que um negócio; é um testemunho vivo do poder da perseverança e do amor incondicional por sua comunidade.

Enquanto nos despedimos deste refúgio à beira-mar, somos lembrados de que, em meio à agitação do cotidiano carioca, ainda existem lugares onde a tradição perdura e os laços humanos são tecidos com cuidado e carinho. E no coração dessa história está Célia, a guardiã incansável da alma carioca na Orla da Barra, que com brilhos nos olhos e entusiasmo incomparável, ressalta que independente de qualquer obstáculo, sempre vai dar praia!

Quiosque da Célia – Posto 3 Barra da Tijuca

Funcionamento: Todos os dias das 5h ás 22h

 

VOCÊ VAI GOSTAR DE VER TAMBÉM…