Conheça o conceito ESG e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável realizados pela Orla Rio

Mutirão de Limpeza recolhe 68kg de resíduos em Copacabana

Nos últimos anos, a Orla Rio vem investindo em programas de ESG [Environmental (Ambiental) , social (Social) and corporate governance (Governança corporativa)]  em sua cultura. E cada vez mais apresenta iniciativas que incentivam a economia circular que promovem a educação ambiental com relação ao descarte correto e a gestão de resíduos recicláveis nas praias do Rio. 

Nos mais de 60 pontos de reciclagem espalhados pela zona sul, foram coletadas mais de 1145,49 toneladas de resíduos só em 2023 E por meio dos mutirões de limpeza realizados do Leme ao Pontal, foram retirados mais 2410 kg de materiais das areias, com mais de 5330 voluntários participando das ações . (ligado as ODS 11 e 13)

Com o projeto Praia Circular, em parceria com o Programa Plásticos Circulares nas Américas e com a RioTur, focamos na redução da geração de embalagens plásticas pós consumo e melhor gestão de resíduos produzidos nas areias cariocas. Implementamos , máquinas de água nos postos de salvamento 3 e 4, disponibilizando a partir de 1 real para ser utilizado com garrafas e copos reutilizáveis. (ligado as ODS 6,11,12 e 13, 14, 15 e 17)

Há também o projeto Orla Abraça, que recolhe e distribui agasalhos e quentinhas para grupos que se encontram em vulnerabilidade social. Além disso, a empresa conta com alguns quiosques ‘Lixo Zero’, que destinam mais de 90% do lixo, recolhido no quiosque, de volta para a cadeia de forma correta. (ligado às ODS 11 e 12)

Com a meta de intensificar a sua política de preservação do meio ambiente, gerar energia limpa e construir a primeira Orla Verde do Brasil, a Orla Rio firmou uma parceria com a startup Nextron e criaram o Projeto Solis. A Nextron é a primeira climate tech do país, que tem o propósito de democratizar o acesso dos brasileiros às fontes de energia sustentável. Atualmente, 70% dos quiosques, administrados pela Orla Rio, já fazem parte do projeto, se tornaram mais sustentáveis e estão sendo abastecidos com energia renovável. No decorrer do ano, além dos quiosques que já fazem parte do projeto, mais serão incluídos na parceria com a fazenda solar. Após 2 anos de operação, foram mais de 63 mil reais de economia gerada aos participantes e 318.208 kg de emissões de CO2 evitadas. (ligado as ODS 7,9, 11 e 13)

Para fortalecer as relações com o tema, a Orla Rio criou em 2023, uma área com foco específico em ESG, comandada pela Bióloga e Mestre em Biodiversidade, Nathalia Barreto. A área busca diariamente formas de minimizar os impactos no meio ambiente e ajudar a construir um mundo mais justo e responsável, além de manter os melhores processos de administração. Ser cada vez mais consciente com o meio ambiente é grande parte do propósito da Orla Rio. 

“São diversos projetos, de cunho ambiental e social, que trazem soluções frente aos desafios da sociedade. A Orla Rio vem ampliando, cada vez mais, a sua preocupação com as questões ambientais, sociais e de governança corporativa, adotando os preceitos ESG, assumindo a responsabilidade e o comprometimento com a orla carioca, consumidores, fornecedores, colaboradores e investidores, trazendo uma experiência mais completa e consciente para os frequentadores das praias do Rio”, comenta Nathalia Barreto, gerente de ESG.

Para melhor entendimento sobre o tema e as ações da Orla Rio em convergência com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estipulado pela ONU, separamos um quadro com todas essas metas. Veja abaixo:

Rascunho automático 45

VOCÊ VAI GOSTAR DE VER TAMBÉM…